Apresentação

O Mestrado Interinstitucional em Engenharia Agrícola área de concentração Recursos Hídricos e Ambientais, que ora se apresenta insere-se uma proposta de capacitação de recursos humanos para atender às necessidades do Estado do Tocantins, tornando-o pólo irradiador para as regiões Norte e Centro-Oeste do Brasil, regiões com grande carência de pessoal qualificado e de centros de formação de recursos humanos na área da engenharia agrícola, meio ambiente e recursos hídricos.

O Tocantins, estado com vocação eminentemente agrícola com imenso potencial hídrico, situa-se em uma região de transição entre dois biomas, o Cerrado e a Amazônia, com distintas características relacionadas aos recursos hídricos que demandam soluções específicas. O Estado também se assenta sobre as bacias do Araguaia e Tocantins, conhecidas pela toponímia como Região Hidrográfica do Tocantins-Araguaia.

A Região Hidrográfica do Tocantins possui uma área de 767.164 km² (9% do território nacional) e abrange os estados de Goiás (25,7%), Tocantins (36,3%), Pará (16,5%), Maranhão (3,8%), Mato Grosso (17,6%) e o Distrito Federal (0,1%).

Segundo a Agência Nacional de Águas em sua proposta de divisão hidrográfica nacional, a região hidrográfica do Tocantins apresenta grande potencialidade para a agricultura irrigada, especialmente para o cultivo de frutíferas e de arroz e outros grãos (milho e soja). Atualmente, a necessidade de uso de água para irrigação corresponde a 66% da demanda total da região e se concentra na sub-bacia do Araguaia com o cultivo de arroz por inundação. A área irrigável (por inundação e outros métodos) é estimada em 107.235 hectares.

Cerca de 4,0 milhões de pessoas vivem na região hidrográfica (2,37% da população nacional), sendo 72% em áreas urbanas. A densidade demográfica é de 5,2 hab./km², bem menor que a densidade demográfica do país (19,8 hab./km²).

Com relação aos indicadores de saneamento básico, todas as unidades hidrográficas apresentam valores superiores às médias nacionais. O nível de abastecimento de água apresenta realidades bastante variadas, com valores entre 27% nas bacias do Acaiá e 61,7 % do Tocantins. A média regional de atendimento da população por rede de esgoto é de apenas 7,8% e, do percentual de esgoto coletado, apenas 2,4% é tratado.


Avenida Teotônio Segurado, 1501 Sul - Caixa Postal 160 - CEP 77054-970 - Palmas-Tocantins
Fone: (63)3219-8000
2007 - Todos os direitos reservados.